Lugares Escuros, de Gillian Flynn

19:34:00


"Eu não era uma criança adorável e me tornei uma adulta extremamente detestável. Se alguém fizesse um retrato da minha alma, veria um amontoado de rabiscos com presas."

Aos sete anos de idade, Libby Day teve sua vida modificada para sempre. Sua mãe e suas irmãs foram assassinadas de forma brutal. O pior: o responsável por essas mortes foi o seu irmão mais velho, Ben. Graças ao seu testemunho, o rapaz, com apenas quinze anos, foi condenado à prisão perpétua. A partir disso, Libby se tornou um alvo da mídia e todo o seu crescimento foi acompanhado por pessoas que nem sempre se compadeciam dela. 

Atualmente, aos 31 anos, ninguém parece mais se importar ou lembrar do que aconteceu com a sua família. Libby, que passou a sobreviver através de doações de desconhecidos após ter saído da casa da tia, onde havia se instalado desde o ocorrido, foi informada por seu contador de que o seu dinheiro estava acabando e agora precisaria arrumar um emprego. No entanto, mesmo depois de todo esse tempo, a jovem Day não se sente pronta para lidar com a vida em sociedade e tenta voltar a se sustentar por meio da tragédia da sua família, dessa vez investigando o passado com um clube que discute casos de assassinatos famosos.

O livro é narrado através de três pontos de vistas: o da Libby, em primeira pessoa e no período atual, o da Patty, mãe da Libby, e o do Ben, esses últimos em terceira pessoa e em momentos antes e durante os assassinatos. Os flashbacks são formas interessantes de conhecer o contexto vivido pela família Day e a personalidade dos seus integrantes, de modo que durante o processo de investigação realizado pela protagonista é possível descartar algumas possibilidades devido a comportamentos e atitudes dos personagens que haviam sido mencionadas durante os capítulos do passado. No entanto, por vezes a mudança de narrador incomoda, pois interrompe passagens empolgantes que se passam na atualidade e quebram o ritmo da leitura.


Quando Libby se vê com a necessidade de arrumar uma maneira de se sustentar, visto que o dinheiro que ela tinha guardado está se esgotando, a moça decide aceitar a proposta de um rapaz que faz parte do Kill Club, um grupo interessado em casos de assassinatos. Após visitar o local e entrar em contato com diversas pessoas que não acreditam na culpa que foi atribuída ao seu irmão, Libby resolve que irá procurar saber mais sobre a noite em que parte da sua família foi morta. No início, seu único interesse é o dinheiro, porém, aos poucos ela começa a perceber que não se recorda de vários elementos da sua infância e a pensar na sua responsabilidade em relação à prisão de Ben. 

Durante o desenvolvimento, o leitor percebe que muitas das lembranças da protagonista estão equivocadas e que ela pode ter condenado o irmão por algo que ele não cometeu. Acontece que todo o processo para que a Libby chegue à essa conclusão é um tanto demorado, por mais que as informações estejam praticamente na sua frente. A sensação que eu tive durante parte da leitura foi de que a autora estava enrolando e que ela poderia não ter escrito umas 70/80 páginas. Apesar disso, a leitura não se torna arrastada, já que a escrita da Gillian Flynn é bacana e envolvente.

Confesso que essa obra me decepcionou um pouco. Tive a impressão de que ela não foi tão bem desenvolvida como Objetos Cortantes, primeiro romance publicado pela autora. Deveria haver uma evolução da sua escrita e da sua construção de trama/personagens em Lugares Escuros, mas isso não ocorreu. A questão do satanismo, que aparece em diversos comentários sobre o livro, não é tão abordada, pelo menos não da maneira como eu esperava, e o desfecho, apesar de não ser previsível, não me agradou. Acho que a Gillian Flynn teve a oportunidade de explorar alguns pontos, mas acabou se perdendo e focando em coisas não tão interessantes.

"Eu tenho uma maldade dentro de mim, tão real quanto um órgão. Corte minha barriga e talvez ela escorra para fora, viscosa e escura, e caia no chão para que você possa pisar nela. É o sangue dos Day. Há algo de errado com ele. Nunca fui uma boa menina e piorei depois dos assassinatos."


Minha Estante #73
Título: Lugares Escuros
Autor (a): Gillian Flynn
Páginas: 352
Editora: Intrínseca
Nota: 3/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino 



Já leram Lugares Escuros ou conferiram a sua adaptação cinematográfica? O que acharam? Me contem nos comentários!
Beijos e até o próximo post!

♥ Banco de Séries | Facebook | Filmow | Goodreads | Instagram | Skoob | Twitter | YouTube ♥

You Might Also Like

0 comentários

Não vai sair sem deixar um comentário, né? Sua opinião é muito importante para mim.
Por favor, deixe o link do seu blog no final do comentário, assim poderei retribuir a visita.
Obrigada. Volte sempre!

Layout por Gabrielle Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Twitter

@blogfrasesperdidas

Subscribe