Minha Estante #38|Jackaby

19:43:00

Título: Jackaby
Autor (a): William Ritter
Páginas: 256
Editora: Única (parceira do Frases Perdidas)
Onde comprar: Amazon | Americanas | Livraria da Travessa | Saraiva | Submarino

Sinopse: "Eu sou um homem de razão e da ciência. Acredito no que vejo e posso provar, e o que vejo geralmente é difícil para os outros compreenderem. Até onde eu descobri, tenho um dom ímpar. Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores.” Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara. Prepare-se para desvendar este mistério! Um livro destinado aos fãs de Sherlock Holmes e Doctor Who. Eleito o melhor livro jovem 2014 pela Kirkus Review e um dos 40 melhores YA da estação pela CNN e vencedor do prêmio Pacific Northwest 2015."
Nota: 4/5

"Para um homem que professa ser inteiramente racional e científico, ele parece não conseguir se afastar do impossível e mágico." (Pág. 110)

Abigail Rook é uma jovem que, cansada da vidinha pacata que levava na Inglaterra, resolveu abandonar a família e ir em busca de algo mais empolgante, longe de casa. Depois de uma longa viagem, em janeiro de 1892 a moça foi parar em New Fiddleham, na América. Com o desejo de se estabelecer, porém sem dinheiro para isso, tudo o que ela necessita é encontrar um emprego. A sua procura acaba quando conhece R. F. Jackaby, um estranho detetive que diz ter a capacidade de identificar e solucionar casos sobrenaturais. 
Após ser contratada, Abigail começa a entender o porquê de as pessoas da cidade não confiarem muito no trabalho de Jackaby e raramente darem credibilidade a ele, afinal, são muitas as manias e peculiaridades do seu chefe. Logo no seu primeiro dia como assistente, a jovem se depara com um caso intrigante. Aparentemente, um serial killer está à solta na cidade e, para o detetive, tudo indica que o assassino não é uma criatura humana. A senhorita Rook finalmente encontrou a aventura com a qual sonhava. Será que ela conseguirá desvendar esse mistério?
Abigail Rook é a protagonista do livro, mas quem rouba a cena desde a sua primeira aparição na história é Jackaby. Esse detetive é bem esquisito e o seu jeito particular de ser deixa o leitor intrigado do início ao fim, além de proporcionar algumas situações um tanto engraçadas no decorrer do desenvolvimento. Antes de iniciar a leitura, eu acreditava que o enredo seria um suspense, mas logo no começo ele se revelou uma fantasia com apenas pitadas de mistério. Confesso que me decepcionei um pouco nesse quesito, mas isso não impediu que eu gostasse da trama.
Os capítulos do livro não são muito extensos, o que, somado à escrita do autor, facilitam bastante a leitura, tornando-a super leve. A única coisa que me incomodou um tanto foi o fato de que várias vezes os diálogos não ficaram tão claros: ou a fala de dois personagens estavam juntas na mesma linha ou a fala se misturava ao parágrafo seguinte. Isso não impede o entendimento das conversas, mas é algo desconfortável que provavelmente vai ser corrigido pela editora Única numa futura edição (eu espero). Enfim. Na capa diz "Para os fãs de Sherlock Holmes e Doctor Who". Eu não acompanho essas séries, então não posso confirmar isso, porém, se você gosta de infanto-juvenis, fantasia e investigação, Jackaby é uma ótima pedida.

"Fiquei pensando no que seria mais triste, deixar alguém chorando, depois que você partisse, ou não ter ninguém que sentisse a sua falta." (Pág. 103)


Já leram Jackaby? O que acharam dessa história? Me contem nos comentários! Está rolando uma maratona de divulgação super legal chamada #LeiaJackaby. Entrem no grupo, confiram as postagens e descubram mais sobre esse mistério.
Beijos e até o próximo post!

♥ Banco de Séries | Facebook | Filmow | Goodreads | Instagram | Skoob | Twitter | YouTube ♥


You Might Also Like

5 comentários

  1. Adorei conhecer este livro. Espero que também goste de leitura.
    http://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabi! Tudo bem? Eu também achava que esse livro era suspense! :O Mas como eu gosto de fantasia, provavelmente vou curtir a história! :) Não gostei de saber dessa confusão nos diálogos, mas acho que daria uma chance para a obra! Adorei a resenha! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Gabi,
    Esse livro parece ser bem interessante. Assim como o Tony, achava que era suspense haha, acredito que vou curtir muito a leitura.
    Gostei bastante da sua resenha e ela me fez querer muito ler o livro.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que capa linda, parece ser muito bom esse livro,
    espero ter oportunidade de ler
    quantos marcadores, manda uns pra mim rsrsrs

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  5. Essa capa está um arraso. Já tinha visto o livro antes e me interessado por ele. Eu adoro histórias policiais, e se tem um toque sobrenatural fica ainda melhor. Estou doida para conhecer esse detetive e me apaixonar por ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir

Não vai sair sem deixar um comentário, né? Sua opinião é muito importante para mim.
Por favor, deixe o link do seu blog no final do comentário, assim poderei retribuir a visita.
Obrigada. Volte sempre!

Layout por Gabrielle Oliveira. Tecnologia do Blogger.

Twitter

@blogfrasesperdidas

Subscribe